A receita do sucesso está no planejamento

De acordo com dados do Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudo Socioeconômico, com o pagamento do 13° salário, cerca de R$ 104 bilhões foi injetado na economia brasileira no final de 2011. Isto significa uma variação de 20% maior se comparado ao ano de 2010.

Apesar dos meses de dezembro e janeiro serem datas convidativas para o consumo em razão do recebimento do décimo terceiro e liquidações, pode ser também propícia para pagamento de dividas, em razão das campanhas de desconto de juros e multas.

Em razão do alto nível de endividamento, percebe-se que os consumidores mais prudentes aproveitaram a sobra do décimo terceiro e saiu do cheque especial, acertou dívidas de cartão de crédito, liquidou os financiamentos e empréstimos em aberto.

Por outro lado, apesar das liquidações das dívidas em atraso, a facilidade do credito tem comprometido o orçamento familiar e o nível de inadimplência tem preocupado os comerciantes.

A dica é começar 2012 planejando. É preciso saber exatamente quanto é o seu gasto por mês, contando até as despesas consideradas supérfluas. Fazer previsões de receitas e despesas antes que elas aconteçam assim você priorizará as despesas fixas e as contas que geram maiores taxas de juros. Se já estiver endividado, procure financiamentos com taxas de juros mais baixas e pague as dívidas existentes.

Controle todas suas receitas e despesas em uma planilha, ou seja, quanto você ganha (salário) e qual a sua despesa, e procure estimar o percentual de cada despesa em relação ao total da dívida, assim dimensionará qual o impacto de cada gasto para poder reajustá-lo a sua capacidade de pagamento.

Tenha cuidado para não transformar o cartão de crédito e o cheque nos vilões das suas finanças. Caso você seja incapaz de se controlar deixe o cartão de crédito em casa e só use em extrema necessidade.

Enfim, comece o ano planejando, gastando somente o que é essencial, e elegendo as prioridades de inicio de ano como IPTU, IPVA, material escolar e outros, evitando assim um descontrole durante 2012 com o pagamento excessivo de juros.  Lembre-se um bom planejamento financeiro resulta em um bom padrão de vida, e isso só é possível gastando recursos com qualidade e poupando.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *