Thiago Silva repudia fechamento de UTI Pediátrica e cobra providências do Governo Estadual

O vereador Thiago Silva (PMDB),  usou a tribuna da Câmara nesta quarta-feira (8), para repudiar o fechamento da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica da Santa Casa em Rondonópolis.
Os atendimentos vinham sofrendo paralisação durante todo o ano por falta de repasses do governo de Mato Grosso, segundo o parlamentar chegar a essa situação é preocupante e cobra providências urgentes quanto ao retorno dos atendimentos.
“Foi inaugurado a unidade há pouco mais de um ano, é de uma irresponsabilidade tremenda deixar chegar a esse ponto, foi com muita tristeza e revolta que recebemos a informação do fechamento da UTI Pediátrica da Santa Casa por falta de repasse do Governo do Estado. Isto é inadmissível para a segunda cidade de Mato Grosso que mais contribui para o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado e para manter a máquina pública em funcionamento. O Governador não tem colocado a saúde da população e o povo rondonopolitano como prioridade na sua Gestão. Repudiamos essa situação e cobramos dos nossos Deputados Estaduais e o Governador o retorno das atividades e o pagamento dos repasses financeiros para a Santa Casa o mais urgente possível, para solucionar a precariedade da saúde em nosso município, ” declarou.
A UTI Pediátrica foi inaugurada em 2016 pelo então governador, onde o mesmo assinou um documento se comprometendo em custear e manter 8 leitos de UTI pediátrica, mais 7 leitos de UTI neonatal, 5 leitos neonatais de cuidado intermediário Canguru e 10 leitos de cuidado intermediário convencional. Eles se somaram aos 10 leitos neonatais já existentes e aos 16 leitos de retaguarda pediátrica, que já existiam, garantindo um aporte mensal de R$ 1.042.500 para a unidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *