Gallery Vereador Thiago Silva questiona intenção das blitz em Rondonópolis

O vereador Thiago Silva (MDB), usou a tribuna da Câmara nesta tarde (07), para questionar a forma como o governo do estado vem realizando as blitz policiais na cidade. Segundo reclamações da população as operações têm a intenção apenas de arrecadar impostos, sendo meramente punitiva ao cidadão. “É inadmissível a forma como o governo do estado vem tratando os cidadãos da nossa cidade, pela segunda vez estamos presenciando uma arbitrariedade com cunho apenas de arrecadação, não havendo nenhuma medida educativa e sim punitiva, defendemos um trabalho educativo, para que as pessoas que estão devendo possam regularizar sua situação, e não o que estamos presenciando nos últimos dias na nossa cidade, vemos um governo preocupado apenas em arrecadar e não em oferecer segurança e bem estar aos moradores,” destaca Silva

Outro ponto criticado pelo parlamentar foi a dificuldade que as pessoas que tiveram seus veículos apreendidos estão tendo para regularizarem sua situação, já que as dívidas estão sendo enviadas para a dívida ativa e só em Cuiabá para resolver a situação. “Fica aqui nosso repúdio e que o governo reveja essa situação e que possa de fato fazer um trabalho preventivo e educativo. Em 2017 o Mato Grosso foi um dos estados que mais cresceu, em razão da  arrecadação de impostos e mesmo assim o governo tem utilizado de várias formas para aumentar ainda mais a arrecadação, onerando a classe trabalhadora ” enfatizou o parlamentar.

Thiago Silva questionou também os altos preços cobrados pelo Pátio Rondon. “Estamos desde 2014 questionando os preços abusivo praticados pela empresa que explora os serviços do Pátio Rondon, os valores são exorbitantes comparados a outros municípios e pelo próprio Detran, muitas pessoas já nem vão mais retirar o seu veículo porque o valor da diária ultrapassa o do bem, ” concluiu o vereador.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *