Gallery Agora é lei | Programa Municipal de Empreendedorismo será implantando em Rondonópolis

A Câmara Municipal de Vereadores promulgou a lei 9.741/2018 que institui em Rondonópolis o Programa Municipal de Empreendedorismo. O projeto, cujo o autor é o vereador Thiago Silva MDB, será implantado na grade curricular de escolas públicas e particulares.

 

A inciativa, de acordo com o legislador, tem o objetivo de fomentar boas ideias para o desenvolvimento econômico de Rondonópolis, estimular a criação de novas empresas, contribuir para a formação de uma base tecnológica e o desenvolvimento de atributos e atitudes necessárias para a gerência da própria vida (pessoal, profissional e social). “Tudo começa na escola. Os professores receberão capacitação sobre o assunto para orientar os estudantes sobre as novas tendências tecnológicas. Após um período de aprendizagem, as escolas também implantarão pequenas incubadoras empresariais. Dessa forma, o aluno ainda criança aprenderá tudo sobre o funcionamento de uma empresa. Aprendendo cedo, essas crianças chegarão a fase adulta com muito mais embasamento no mercado de trabalho. Serão profissionais preparados”, explica Thiago.

 

Segundo o parlamentar, o programa também deve impactar na geração de emprego, uma vez que estimula os jovens a conquistarem sua própria marca. “Quando você cria políticas públicas voltadas para o empreendedorismo você ensina, qualifica e estimula. Quando criança, o futuro empreendedor vai conhecer o que é negócio, aprenderá o passa a passo ao longo dos anos e quando estiver com idade economicamente ativa terá todo o alicerce necessário para abrir sua própria empresa. Isso gera renda, emprego e capital de giro para o comércio local”, conta.

 

Thiago Silva ainda lembra que tudo será realizado de forma divertida. O trabalho pretende levar cada aluno a descobrir sua habilidade de forma lúdica. “Brincando nossas crianças apreenderão sobre várias frentes de atuação no mercado. Com o passar do tempo cada um desenvolverá um talento específico para determinada área”, finaliza.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *